SEGUIDORES ESPIRITUALIZADOS

PG35 2ª . Parte - LEI & JUSTIÇA NA VISÃO ESPIRITUAL






LEI E JUSTIÇA NA MINHA VISÃO ESPIRITUAL

1ª . Parte


Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará. (Jesus)


1ª§. As leis surgiram para disciplinar o comportamento dos homens e mulheres a partir do momento em que, a convivência em grupo tornava os conflitos muito frequentes e difíceis de administrar. Para que a comunidade pudesse continuar existindo e todos fossem capazes de desfrutar das vantagens que ela proporcionava, foi preciso que se estabelecessem regras estipulando os direitos e deveres a todos os cidadãos como, por exemplo, a proibição de roubar ou matar, ou a obrigação de se pagar impostos para que fosse possível construir bens de uso comum.

2ª§ Códigos de Leis
O primeiro código foi criado na antiguidade.
Os povos da Mesopotâmia foram às primeiras sociedades que adotaram um código de justiça:- o Código de Hamurábi.
Na verdade, o Código de Hamurábi ou Lei do Talião foi o primeiro código social da Antiguidade. Ele se baseava no “olho por olho, dente por dente” tinha base religiosa e moral vingativa. 

3ª§. Código Hamurábi
código de Hamurábi expõe leis e punições caso estas não sejam respeitadas. A ênfase é dada ao roubo, agricultura, criação de gado, danos à propriedade, direitos da mulher, direitos da criança, direito do escravo, assim como assassinato, morte e injúria. A punição ou pena é diferente para diferentes classes de ofensores e vítimas. As leis não toleram desculpas ou explicações para erros ou falhas: o código era exposto livremente à vista de todos, de modo que ninguém pudesse alegar ignorância da lei como desculpa. No entanto, poucas pessoas sabiam ler naquela época (com exceção dos escribas).
Os artigos do Código de Hamurábi fixam, assim, as diferentes regras da vida quotidiana, entre outras:
a hierarquia da sociedade divide-se em três grupos: os homens livres, os subalternos e os escravos;
os preços: os honorários dos médicos variam de acordo com a classe do enfermo;
os salários variam segundo a natureza dos trabalhos realizados;
a responsabilidade profissional: um arquiteto que construir uma casa que se desmorone, causando a morte de seus ocupantes, é condenado à pena de morte;
o funcionamento judiciário: a justiça é estabelecida pelos tribunais, as decisões devem ser escritas, e é possível apelar ao rei;
as penas: a escala das penas é descrita segundo os delitos e crimes cometidos. A lei do talião é a base desta escala.

4ª§. lei do talião

Lei do talião (do latim Lex  C)Punição: É punido em regime totalmente fechado, no ato do fragrante delito, depois quando provado sendo o altor do delito, sem tolerança de desculpas, explicações do erro cometido.: lex: lei e talis: tal, parelho) consiste na justa reciprocidade do crime e da pena. Esta lei é freqüentemente simbolizada pela expressão olho por olho, dente por dente. É uma das mais antigas leis existentes.
Origem
Os primeiros indícios da lei do talião foram encontrados no Código de Hamurabi, em 1730 a.C., no reino da Babilônia. Essa lei permite evitar que as pessoas façam justiça elas mesmas, introduzindo, assim, um início de ordem na sociedade com relação ao tratamento de crimes e delitos.
Escreve-se com inicial minúscula, pois não se trata, como muitos pensam, de nome próprio. Encerra a idéia de correspondência de correlação e semelhança entre o mal causado a alguém e o castigo imposto a quem o causou: para tal crime, tal e qual pena.Está no Direito hebraico (Êxodo, cap. 21, vers. 23/5): o criminoso é punido taliter, ou seja, totalmente, de maneira igual ao dano causado a outrem.

A Bíblia também contém um código de Lei, O “Tora”, que regulamenta a família, a vida em sociedade, as riquezas e as obrigações. As comunidades judaicas eram centradas no Tora.
Outros códigos da Antigüidade:

Deuterenômio, Lei de Manu e Lei das XII Tábuas.
Tribunal da Inquisição em 1231, criado pelo Papa Gregório IX.
Na Idade Média
Corpus Juris Civilis, criado pelo imperador Justiniano, restabelecendo a ordem com suas obras: Código, Digesto, Institutas e Novelas.

5ª§. No meu ponto de vista (Corpo de Luz - Erick) a iniciativa de nossos irmãos de mentes imaturas daquela época, foi o máximo que poderiam realizar para disciplinar um povo sem nenhum conhecimento espiritual. Após um período longo, surgiu Moisés, aluno pródigo, das escolas Egípcias, que aprendeu que, o ser humano continha em sua estrutura alma e espírito. Aprendeu também sobre reencarnação e os segredos da magia, despertando assim sua mediunidade. Ao retornar à sua patria cheio de grandes conhecimentos, guiou seu povo à uma terra prometida, teve grande dificuldades em conter e disciplinar todo aquele povo (várias tribos) rude e de pouca moral.  Ele se afastou por um longo tempo  afim de meditar sobre uma montanha, a procura de uma solução que colocasse um freio aos atos e delitos daquelas pessoas sobre sua responsabilidade. Depois de uma longa meditação, recebe de Deus as tábuas divinas contendo as "Leis dos Dez Mandamentos" afim de restabelecer a ordem a todas as tribos.


6ª§. Tenho como intuição que esses conhecimentos dos dez mandamentos, foram tirados dos ensinamentos da escola Egípcia, pois os sacerdotes daquela época eram exímios conhecedores das leis dos espíritos e talvez Moisés tenha se inspirado nesses muitos  ensinamentos, pois continha um alto grau de moralidade egípcias  escritas dos Dez Mandamentos. Esses ensinamentos eram dados aos faraós para que pudessem encontrar o paraíso após a morte, era ensinados a eles pelos sacerdotes que, para alcançar o objetivo teriam que praticar a moral que estavam escritos nos pergaminhos, que era dotado também de magia em forma de desenhos caracteres além de vários segredos para uso pós morte, e esse pergaminho era enterrado com o faraós para guia-los  no mundo dos mortos.

7ª§. Muitos devem estar se perguntando, mas tudo isso eu já li e não vejo nada de diferente. Bem meus amigos(as) foi uma forma de buscar lá no passado uma razão para explicar de onde vieram os erros, se é que houveram, pois o ser já demonstrou ao longo dos séculos que, corrompe e é corrompido, está aí uns dos grandes pecados capitais do ser humano;

8ª§. Hoje, com mentes muito mais despertas e dispondo de informações dinâmicas através da tecnologia, milhões de pessoas não poderão mais afirmar que não tiveram  chances de aprenderem ou de se esclarecerem sobre ou em determinados assuntos ou terem sido influenciadas pelo desconhecimento. Nesse período de grandes transformações no Planeta Terra, onde as energias estão sendo modificadas constantemente, no despertar das mente humanas, muitos a sentem mas não conseguem explicar com clareza como acontece. (Creio eu que são manipuladas pelo plano maior espiritual para as modificações das mentes na sua trajetória evolutiva).


9ª§. Vamos entrar agora no objetivo da matéria sobre leis e justiça. Hoje já se sabe que o ser humano é composto e dividido em sua estrutura física, que se divide em três partes sendo: "Consciência, sub consciência e inconsciente". Hoje é sabido que existem também os níveis que compõe o corpo físico, sabemos também que somos totalmente guiados pela nossa estrutura espiritual; "Corpo Duplo Etério e Corpo Espiritual", sem falar dos outros corpos. Nesse contexto sabemos que o ser humano é composto, não só de massa física, mas de muitos mais corpos em sua estrutura, sendo assim. as leis dos homens não levam em conta todos esses conhecimentos e pensam em punir apenas o  corpo físico, tentando corrigir apenas uma estrutura. Haverá sempre falhas em corrigir o ser, pois já foi demonstrado ao longo dos séculos que muitas punições não resolveram  por ser o homem corrupio e se corrompe nos seus atos de ser. 


10ª§. Jesus na época de sua passagem pelo plano terrestre, já sabia dessa estrutura, do que o ser humano carregava em dentro de si, por isso, advertia a todos (não com toda clareza) para não roubar, não cobiçar, não matar etc, etc... porque o ser não era só corpo físico, mas um espírito e que aquela forma que ele ocupava(corpo) era apenas temporário e por isso prejudicava a si mesmo ao cometer delitos, aumentando assim, com essas atitudes, sua estadia nos charcos espirituais e seu retorno a forma física afim de corrigir os erros cometidos, como acontece até hoje nas idas e vindas pelas portas da reencarnações. Como as Leis de Deus são justas e incorruptíveis, bastaria apenas o homem segui-las, (praticar como modelo os dez mandamentos para o crescimento de sua moral sería uma excelente prática) mas como não o faz, sofre as penalidades tanto no mundo físico como também no mundo astral, que através de sua consciência, é o juiz e executor de si mesmo, pois não há como burlar as leis  Divinas.  Porque Jesus pediu tantas vezes para não ferir, não matar, aqui você encontrara a repostas do "porque";
http://wwwcorpodeluzacura.blogspot.com.br/2011/09/tudo-tem-uma-razao-para-cada-ato-na.html

11ª§. Enquanto o homem terreno não entender a si mesmo, ficará sempre mergulhado no caos de sua própria criação corrompida... Então como deveríamos agir;

12ª§. - O ser é dotado de pensamentos, ou seja para criar é preciso pensar para realizar e concretizar, portanto, ação - reação, portanto, punível na reação dos efeitos produzidos pelos seus atos, sendo ele e somente ele, senhor de sua vontade, arcando com total responsabilidade pelas suas ações. Esta é a real verdade do ser humano, fora disso seria corruptivo outro modo.
A)Um exemplo também para a pratica de hoje com algumas modificações; código de Hamurabi expõe leis e punições caso estas não sejam respeitadas. A ênfase é dada ao roubo, a qualquer tipo de bens alheios, danos à propriedade comum, direitos as mulheres, homens, direitos das crianças, direito dos trabalhadores, assim como assassinato, morte e injúria. A punição ou pena é diferente para diferentes classes de ofensores e vítimas. As leis não toleram desculpas ou explicações para erros ou falhas:
 Apenas como exemplo por achar o mais polêmico;
B)Punição a pessoa: É punido no ato e depois em regime de cárcere totalmente fechado, no ato -  do fragrante delito, depois - se não houver flagrante, após ter sido comprovado o delito, com testemunhos, objetos ou aparelhos todos que provem o delito, é aplicado antes e depois do julgamento oficial,  não prescreve com o tempo, permanece até ser cumprida, aplicar sem tolerância, sem benefícios de qualquer natureza, desculpas, explicações que possa modificar o mérito dessa punição.

C) Defesa = direito do acusado: ao infringir regras; mostrar-se inocência, somente na qualificação de não haver testemunhos ou provas, ter direito a uma segunda pessoa como defensor.

D) Dois Testemunho = verdade, jamais é desqualificada, o falso testemunho é penalizado com mesmo teor da pena que seria imposta ao infrator.

13ª§. As leis existentes no mundo físico, foram criadas pelos homens para estabelecer a ordem e o bem viver coletivamente entre si, buscando juntos o aprendizado e a evolução como um todo, estabelecendo como parâmetros de igualdade entre todos, limpa e transparente, "esse é o grande objetivo do ser humano".


14ª§. Existem 7  estágios na vida ser humano, idade prematura, idade infantil até os 7 anos, a pré adolescência dos 7 anos aos 14 anos, adolescente dos 14 anos 18 anos, maioridade dos 18 anos aos 60 anos, velhice dos 60 anos aos 100 anos, o após 100 anos. Em todos esses estágios de vida, o ser  humano sofre influências maciças dos planos espirituais ou seja, extras físicos. Sendo assim, é influenciável em todos os seus atos na vida como ser pensante.


Em todos esses estagio, o ser humano iram experienciar no seu aprendizado evolutivo;
                          O - Poder em sua máxima.
                          A - Riqueza em sua máxima.
                          A - Pobreza em sua máxima.
                          A - Miséria em sua máxima.
Causa Primária: Aceitação, Vontade, Desejo, Satisfação. Dependendo de como ira lidar com essas experiencias em cada encarnação, é que ira medir suas vibrações para + positivas ou para + negativas, em todo esses estágios obrigatórios para o espírito, é que decidirá  para o futuro a suas novas experiências.

15ª§. Por ter uma estrutura espirito imortal, e físico temporário. dividida e sub-dividida,ou seja, positiva e negativa, conforme figura abaixo;


Negativa          Positiva

Por ser um ser pensante demonstrado no item 1ª, estará sempre recebendo na sua consciência física, influências em toda sua estrutura espiritual, além de receber outras influencias de espíritos encarnados ou desencarnados, que através da linguagem universal, "O Pensamento", faz com que se comuniquem entre si em todo seu estágio de vida, no espiritual e no físico dando a ele uma opção de escolha de agir através do seu "Livre-Arbítrio", às suas ações.

16º§. Ação no seu livre-arbítrio e influências físicas: 

 Sabe-se que a vestimenta de carne ocupada pelo espírito no seu estágio físico, vêm pelas portas da maternidade; recebe no seu estado prematuro as influências dos pais adotivos, que mesmo estando ainda no útero materno tem o magnetismo e a influência viciosa dos pais, que ao nascer carregará ao longo do seu estado prematuro e infantil as influências recíproca, por tudo e por todos em sua volta, aprendendo a assimilar, o bem e o mal que carrega em si mesmo para exercer na vida o seu livre-arbítrio, dando ênfase para + ou para - ao seu lado positivo ou negativo que traz em sua bagagem espiritual de muitas existências.

AQUI TAMBÉM TEM INFORMAÇÕES SOBRES LEIS DIVINAS;http://www.ceismael.com.br/artigo/dez-mandamentos.htm
                                        
             2ª. Parte de Lei & Justiça

Clique aqui para ler a segunda parte;http://wwwapenasumcorpodeluz.blogspot.com.br/p/lei-na-minha-visao-espiritual-1.html

Blog de Auto Ajuda - "DIVULGUE" a um amigo e em seus países!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEUS COMENTARIOS